A emoção começa na voz de Maria Antônia Mendes Rios. Aos 13 anos, ela é uma das seis solistas do coral da Casa Anjos Voluntários, em Caxias. Há oito meses no grupo, ganhou a responsabilidade de abrir sozinha, só com a voz, sem qualquer sonoridade junto, a música que significa para eles muito mais do que a vitória no Projeto Recria Fazendo Arte-Educação. A canção, que o Pioneiro escolheu para transmitir uma mensagem de fim de ano, é uma demonstração de corações abertos pedindo o fim do preconceito, uma realidade que eles conhecem muito bem.

“Veja meus olhos / eles não têm a mesma cor que os seus / Teus pensamentos / Às vezes não combinam com os meus / Se temos diferenças / A natureza quis assim / Mas o mesmo sol / Que te aquece / Também aquece a mim”, canta Maria Antônia. Em seguida, entra a melodia composta pelo professor de música da Anjos, Aldren Ferreira, e as demais vozes do coral para dar sequência a uma música que realmente emociona. São 145 crianças e adolescentes, com idades que variam entre seis e 16 anos, beneficiadas por atividades no turno inverso da escola. O coral é uma delas, reúne 40 integrantes e existe há cinco anos.

– Aqui na Anjos, atendemos 12 bairros e estamos conseguindo encaminhar quem chega aos 16 anos e precisa sair da Casa. Muitos são colocados em cursos técnicos e de lá vão direto para o mercado de trabalho – conta a presidente da Casa Anjos Voluntários, Isamar Damin Ordovás Sartori.

Mas para comemorar esses resultados, é preciso trabalho e colaboração da comunidade. Aldren, por exemplo, é contratado pela Casa para dar aulas de música. Ele tem 39 anos de vida e 30 de experiência musical. Há 10 meses, transfere um pouco de todo esse conhecimento para os integrantes do coral.

– Eu não sou um ditador, trabalho junto com eles. Sobre essa música, primeiro escolhemos o tema, o bullying, que faz parte da vida deles. Aí pedi que cada um pensasse em uma frase. Eu fiz as rimas e a composição, a letra foi escrita junto com eles. O resultado é uma música em que eles abrem o coração – relata Aldren.

Tanto ele quando Isamar confirmam: essa canção diz muito sobre o que essas crianças e adolescentes vivem no seu dia a dia. E é por um 2014 com menos preconceito e mais igualdade que o Pioneiro pede nesta reportagem e nos vídeos que gravou na Anjos. Acesse o pioneiro.com, cante e emocione-se conosco. Quem em 2014, os últimos versos da letra composta pelos integrantes do coral sejam uma realidade: “Tudo isso passou / Não preciso mais ficar calado / O preconceito e o medo / Desde hoje fazem parte do passado.

“Eu fiz as rimas e a composição,
a letra foi escrita junto com eles.
O resultado é uma música em que
eles abrem o coração”

Aldren Ferreira, professor de música do coral.

 

Fonte: Jornal Pioneiro

http://pioneiro.clicrbs.com.br/rs/geral/cidades/pagina/coral-anjos-voluntarios.html

 

A Casa Anjos Voluntários atende crianças e adolescentes no contra-turno da escola. Elas tem a oportunidade de entrar em contato direto com o rádio por meio de produções radiofônicas de alunos do curso de Jornalismo da UCS. Confira como é a rotina na Casa e a importância do contato com a comunicação!

FRISPIT NOTÍCIAS — PROGRAMA 293
Reportagem: Taís Pellenz
Imagens: Ronaldo Daros
Edição: Ronaldo Daros e Taís Pellenz

Universidade de Caxias do Sul
Agência Experimental de Comunicação – AEC
http://www.frispit.com.br/tv

No próximo dia 7, das 13h20min às 15h20min, a Casa Anjos Voluntários, de Caxias do Sul, vai receber o Projeto Jovens Empreendedores, do qual a Unimed Nordeste-RS é apoiadora. A garotada da instituição vai assistir a uma palestra sobre a profissão de técnico de segurança do trabalho, que será ministrada por um funcionário voluntário da cooperativa. O encontro faz parte dos trabalhos de responsabilidade social realizados por esta operadora de planos de saúde. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (54) 3225-5272.

Fonte: Unimed

https://www.unimed.coop.br/-/casa-anjos-voluntarios-recebe-projeto-jovens-empreendedores-unimed-nordeste-rs-apoia

Estudantes de 6 a 15 anos recebem orientações e aprendem novos ofícios no turno inverso ao da escola

Uma simples conversa com crianças e adolescentes atendidos pela Casa Anjos Voluntários é suficiente para perceber o quanto o aprendizado de novos ofícios pode estimular a criatividade e a responsabilidade.

_ Se não estivesse aqui, estaria na rua ou sem fazer nada. Provavelmente nem nossos temas faríamos _ confessa Andressa Santos Branco, 15 anos, que deseja estudar Relações Internacionais. Ela buscou a instituição há três anos para aprimorar os conhecimentos.

Apostando na assistência social e na convivência, a instituição acolhe jovens de 6 a 15 anos com oficinas e aulas de preparação para o mercado de trabalho. Lá, são atendidos, no turno inverso ao da escola, 145 jovens vítimas de algum tipo de vulnerabilidade social. Os serviços oferecidos pelos 30 funcionários incluem apoio psicológico, refeições, reforço escolar e aulas de panificação. A instituição também presta acompanhamento familiar.

Com 14 anos, os alunos ingressam em uma nova modalidade de ensino. A turma trabalha o desenvolvimento pessoal e profissional, com técnicas de escritório, preparação de pizzas, idiomas e palestras.

_ Nosso intuito é fazer com que mudem de vida. Os que permanecem desde o início já saem para o mercado. É como uma borboleta, que forma o casulo até se preparar para o voo _ explica a presidente Isamar Ordovás Sartori.

A Anjos Voluntários é uma das entidades ajudadas pela Feijoada do Pulita, que ocorre no dia 30 de junho. Os ingressos custam R$ 160 e podem ser comprados pelo telefone 3027.7720 ou pessoalmente na instituição. O endereço é Rua Benjamin Custódio de Oliveira, 152, bairro Charqueadas. O horário de funcionamento é de segunda a sexta, 7h30min às 17h30min.

Os ingressos também são vendidos pelas seguintes entidades: Apae, Lar da Velhice São Francisco, Associação Criança Feliz, Centro Assistencial Portal da Luz, Cruz Vermelha, Liga Feminina de Combate ao Câncer, Patna, Rim Viver, Scan, Pra – Vida, Instituto Fonte de Apoio, Aapecan, Projeto Associação Mão Amiga, Parceiros Voluntários, Associação Beneficente Gelcindo Nunes, AAPC, Educaritá, Centro Cultural e Espírita Jardelino Ramos e Centro Assistencial e de Promoção Social Joana D’Arc.

Fonte: Jornal Pioneiro

http://pioneiro.clicrbs.com.br/rs/geral/cotidiano/noticia/2012/06/casa-anjos-voluntarios-prepara-jovens-em-situacao-de-risco-para-o-mercado-de-trabalho-em-caxias-do-sul-3778686.html

Apoiadores

Contato

Rua Benjamin Custódio de Oliveira, 152
CEP 95110-760 - Bairro Charqueadas
Caxias do Sul - RS
(54) 3027.7720 / (54) 9978-7046

Newsletter

Fique por dentro de nossas novidades

Acompanhe a Gente

Saiba como contribuir:

 

CNPJ 05.905.719/0001-95
Certidão de Registro n° 149/04 Peca CO 63- COMDICA
CMAS- Inscrição n° 012/2012
Registro no CNAS, conforme Resolução nº 211 de 04/12/2007 - R0671/2007

© 2017 Casa Anjos Voluntários.
Todos Os Direitos Reservados

Créditos/Fotos: Daniela Xu